TRANSMITINDO CONHECIMENTO ÀS CRIANÇAS PEQUENAS


Maria Montessori creditou maior parte da sua obra à primeira infância. Ela enxergou nas crianças muito pequenas, incluindo as recém-nascidas, forças extraordinárias e desconhecidas. "A grandeza da personalidade humana começa com o nascimento do homem.", disse em A Mente Absorvente. Durante toda a sua obra enxergamos o seu generoso e afetuoso interesse por essa fase da vida até então ignorado pela educação humana. Ela não cansava de frisar que os primeiros anos de vida são os mais importantes no desenvolvimento do homem e é nesse período que deveríamos nos atentar se pretendemos realmente alcançar o pleno desenvolvimentos das potencialidades humanas.

Ela faz uma afirmação um tanto estranha, até mesmo inacreditável: "A educação deveria ser iniciada desde o momento do nascimento." Mas como poderíamos educar um ser que acabou de nascer e não compreende nossa fala? Mal consegue se movimentar, se expressar, enxergar e não conhece nada deste mundo? Maria Montessori tinha planos mais arrojados para este período da vida e entendia que a educação nessa fase não se resumia apenas à higiene, mas sim como um auxílio à vida.

Para educar crianças muito pequenas, Maria Montessori contrariou a forma comum e conhecida de ensino realizada através do uso da palavra. Discursos longos e eloquentes foram substituídos por estruturas simples e curtas. Embora muito aclamada na infância, a fantasia deu lugar ao mundo belo e real, uma vez que crianças não entendem figuras de linguagem e levam tudo o que dizemos ao pé da letra. O repertório cultural da criança ainda é muito restrito, por isso idéias abstratas são tão difíceis de serem assimiladas. Montessori criou, então, materiais extraordinários onde as crianças pudessem literalmente colocar a mão na massa e aprender com fatos concretos e assim tirar suas conclusões práticas. O estudo da vida real seguramente tem um efeito muito maior do que uma bela e fantasiosa dissertação.

Os materiais Montessorianos são uns dos grandes charmes do método e são o que, geralmente, suscitam a atenção e a curiosidade das crianças. Montessori sabiamente nos lembra que as crianças escutam antes com os olhos e as mãos do que com os ouvidos. Seguir o interesse da criança é nada mais do que relacionar os fatos que queremos transmitir aos interesses da criança. Quanto mais respeitamos esses interesses, tanto mais atenção prestará a criança. Assim, ao invés de exaurirmos as crianças com informações vazias e que não fazem sentido à elas, deixamos as crianças livres para serem os próprios construtores de sua inteligência, trabalhando infatigavelmente com alegria e felicidade na construção do Homem.

529 visualizações

SIGA A GENTE

  • ícone facebook club montessori
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Pinterest Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey YouTube Icon

M20 TECNOLOGIA LTDA ME

23.514.970/0001-00