INTRODUÇÃO AO SISTEMA DECIMAL


Eu já vi gente chamando esse material de "alforria dos números" hahaha! E para a criança, chegar ao Sistema Decimal é atingir um espaço quase infinito de possibilidades. Para chegar até aqui, a criança esteve "presa" num profundo trabalho de compreensão dos números até 10. Uma grande variedade de atividades, diferentes em dificuldade, complexidade e objetivo, foi introduzida para proporcionar a repetição de habilidades básicas em uma variedade de contextos. A criança não cai direto na matemática em Montessori. Ela é minuciosamente preparada para mergulhar nela.

Já repararam que todos os materiais sensoriais que estudam as dimensões estão em conjuntos de 10? Os Encaixes Sólidos são 10 cilindros cujos diâmetros e alturas variam de 1 cm a 5.5cm, a Torre Rosa é composta de 10 cubos - o maior com 10 cm de lado e o menor com 1 cm, a Escada Marrom são 10 prismas que variam de 10cm x 20cm x 10 a 1cm x 20cm x 1cm e as Barras Vermelhas são 10 barras que variam de 100cm a 10 cm de comprimento. Tudo gira em torno do Sistema Decimal, cuja base é 10. Quando eu digo que tudo em Montessori faz sentido eu não estou de brincadeira.

Entretanto, esse estudo sistemático dos números de 0 a 9, até agora, não havia ultrapassado a fronteira da segunda ordem (até 90 - com as Tábuas de Séguin). Agora, a criança está pronta para chegar nos milhares!

E qual é uma das coisas mais legais sobre o método Montessori de aprender conceitos matemáticos desafiadores? É que eles podem ser representados sensorialmente. As barras (ou contas) douradas são usadas para representar o Sistema Decimal: unidade, dezena, centena e milhar.

Veja com que facilidade a unidade se torna dezena (barra), a dezena se torna centena (quadrado) e a centena se torna milhar (cubo)! É muito importante que a criança sinta as dimensões, o peso e a diferença de tamanho de cada quantidade. Uma unidade é tão diferente do cubo de 1 milhar!

Você pode comprar esse material incrível aqui